notícias

  • Meia jornada – Nota Informativa – Ano Escolar 2022/2023

    Informa-se que se encontra aberta aplicação informática no SIGRHE,

    no período de 18 de julho até às 18h de 31 de agosto de 2022,

    para solicitar o pedido de prestação de trabalho na modalidade de meia jornada para o ano escolar de 2022/2023.

     

    Consulta a Nota Informativa MJ/N.º1/2022 - Modalidade de Horário de Trabalho – Meia Jornada.

     

    Nota Informativa MJ/N.º1/2022 (pdf)

    ler artigo
  • Nota Informativa: Docentes de carreira sem componente letiva atribuída para 2022/2023

     

     

     

    Encontra-se disponível a aplicação eletrónica que permite aos agrupamentos de escolas e escolas não agrupadas procederem à indicação da componente letiva (1.ª Fase), das 10:00 horas do dia 11 de julho até às 18:00 horas do dia 13 de julho de 2022 (hora de Portugal continental).

     

    Entende-se por componente letiva a atribuição de, pelo menos, 6 horas letivas, nos termos do n.º 1 do art.º 28.º do Decreto-Lei n.º 132/2012, de 27 de junho, na redação em vigor

     

    Os docentes identificados como não tendo componente letiva devem ser notificados, pelo diretor, por escrito, de que deverão ser opositores ao concurso da mobilidade interna

     

    Há duas fases de Identificação da Componente Letiva

    Aquando da disponibilização da 2.ª fase da ICL, também decorrerá a indicação de docentes para efeitos de renovação dos contratos a termo resolutivo

     

    Consulta a nota informativa

    ler artigo
  • CALENDÁRIO ESCOLAR 2022-2023 - Recorda a posição do SIPE

     

     

    Foi publicado o Despacho n.º 6726-A/2021, de 8 de julho, que aprova os calendários, para o ano letivo de 2021-2022, dos estabelecimentos públicos de educação pré-escolar e dos ensinos básico e secundário, dos estabelecimentos particulares de ensino especial, bem como o calendário de provas e exames dos ensinos básico e secundário.

    Recordamos a posição do SIPE: 

    COMUNICADO

    SOBRE O DESPACHO

     DE FIXAÇÃO DO CALENDÁRIO ESCOLAR 2022/2023

     

     

    Sindicato Independente de Professores e Educadores,  em representação dos direitos e interesses legalmente protegidos dos seus associados, na sequência do Despacho de fixação do calendário escolar para os anos letivos de 2022/2023 e 2023/2024, o SIPE considera que a falta de promoção por parte do Ministério da Educação de um processo de discussão, com as representações de Trabalhadores, os Sindicatos, é um erro limitativo da aceitação do próprio despacho, já que não ouve a voz dos Docentes que melhor conhecem a dinâmica tão própria do ano letivo, que a audição pública genericamente promovida não acautela.

     

     

    Das medidas concretamente anunciadas, o SIPE vem dizer o seguinte:

    1. Lamentavelmente, persiste a discriminação dos Docentes Educação Pré-escolar e do 1ºciclo do Ensino Básico, uma vez que os finais das atividades letivas continuam a não ser coincidentes com outros ciclos de ensino. Na verdade, na falta de justificação pedagógica, só podemos concluir que esta medida repetida visa meramente “resolver” necessidades familiares, esquecendo que por outro lado, cria um problema ao perpetuar e prolongar uma sobrecarga letiva a alunos e a docentes, conduzindo a um desnecessário excesso de atividades escolares que não é inócua na própria perceção do aluno em relação à Escola. Da mesma forma, esta medida que consubstancia um tratamento diferenciado, não tem em consideração todo o serviço não letivo que ainda resta aos Docentes, no final das atividades letivas.

     

     

    1. Ainda, o Ministério da Educação continua a perpetuar desequilíbrios e sobrecarga dos docentes ao permitir a coexistência de trimestres e semestres, que implica a realização de um número acrescido de reuniões de conselho de turma. Por conseguinte, o Ministério da educação continua a não prevenir que estas reuniões venham a decorrer, obrigatoriamente, em muitos casos, em horário pós-laboral.

     

    1. O Ministério da Educação premeia mais um ano em que irão abundar casos de acumulação de tarefas letivas e serviço às provas de aferição, ao continuar com a coincidência de provas de aferição com o normal desenvolvimento de atividades letivas que se conduzem a um excesso de trabalho para muitos docentes num conjunto de dias, o que poderia ser acautelado.

     

    Consulta o Despacho n.º 6726-A/2021

     

    ler artigo
  • Mobilidade por Doença - Diploma ignora as necessidades dos doentes com doenças incapacitantes

    Não podemos de deixar de partilhar dois depoimentos que mostram que a Mobilidade por Doença é imprescindível!

     

    É  uma necessidade para quem tem doença incapacitante e, obviamente  não pode ficar a quilómetros de distância, para quem quer exercer a sua profissão!

     

    Professora Cristina Fontes

     

     

     

    Professora Lídia Vale

     

     

     

    Não podemos ficar passivos às propostas do Ministério de Educação.

     

    Até na doença temos de lutar, para poder trabalhar!

     

    Em virtude do SIPE não ter chegado a acordo com o Ministério da Educação, o SIPE solicitou negociação suplementar.

    Ofício de Pedido de negociação suplementar (pdf)

     

    Já está marcada a negociação suplementar, solicitada pelo SIPE,  com o ME, para o dia 30 de maio às 14h00.

     

    Participa, dá o teu contributo para sipenacional@sipe.pt

     

    ler artigo
  • REINSCRIÇÃO NA CAIXA GERAL DE APOSENTAÇÕES

    Na sequência de vários casos de docentes que foram ilegalmente retirados da Caixa Geral de Aposentações, apesar de a 1 de janeiro de 2006 terem um contrato de trabalho em funções públicas ao qual correspondia o direito à inscrição, o SIPE irá interpor uma ação judicial no Tribunal Administrativo e Fiscal em representação dos seus associados que se encontrem nessas condições.
     
    Recordamos que, o próprio Provedor de Justiça já se pronunciou favoravelmente à reinscrição, bem como, já existem sentenças favoráveis nos Tribunais, mas a situação permanece inalterada.

    Consulta aqui o parecer do Provedor.
     
    Desta forma, o SIPE vai levar a cabo um conjunto de reuniões para esclarecimento de todas as dúvidas e diligências necessárias à interposição da ação nos dias 6 e 19 de abril, às 17.30h, com a presença do Departamento Jurídico e Dirigentes do SIPE, para te darem todas as informações.
     

    Marca a tua presença, por nenhum direito a menos!

    Inscreve-te aqui.

    Atenção, a sessão do dia 6 já está com o número máximo de participantes.

    Obrigado

     

    CONTA SEMPRE CONNOSCO!

    Vai tudo correr bem!

    ler artigo
  • SIPE reuniu pais e docentes para apresentarem soluções para problema da falta de professores

    O SIPE – Sindicato Independente de Professores e Educadores realizou um seminário em Braga, com o propósito de discutir propostas e apresentar soluções para resolver o problema de falta de professores, que serão compiladas num documento a entregar, posteriormente, ao Ministério da Educação e ao CNE – Conselho Nacional de Educação.

     

    A iniciativa envolve pais e docentes, e contou, entre outras, com a presença de Jorge Ascensão, presidente da CONFAP – Confederação Nacional das Associações de Pais, de Rui Trindade, presidente do Conselho Científico-Pedagógico da Formação Contínua, além de Jorge Carvalho, secretário regional de Educação, Ciência e Tecnologia da Madeira, Alexandre Ventura, professor da Universidade de Aveiro, e de João Grancho, diretor do Agrupamento de Escolas Campo Aberto, de Póvoa de Varzim.

     

    O seminário decorreu em formato misto (presencial e online) no Bom Jesus, no sábado, dia 26 de março, com a sessão de abertura a cargo do presidente da Câmara Municipal de Braga, Ricardo Rio.

     

    Júlia Azevedo, presidente do SIPE refereriu que «a falta de professores é um problema real, para o qual já tínhamos alertado a tutela há muito tempo, e cujas consequências se agravaram nos últimos meses, com alunos a ficarem, literalmente, sem professores a meio do ano letivo». Apesar dos sucessivos apelos, a dirigente acusa o Ministério da Educação de não ter «até ao momento, apresentado qualquer plano ou proposta para resolver este problema», que, na opinião de Júlia Azevedo, «terá obrigatoriamente de passar pela valorização da profissão, com a criação de condições que sejam apelativas e permitam captar novos professores e rejuvenescer a classe». 

     

    «Pretendemos que o documento com os resultados das intervenções e dos debates que se realizaram no seminário, seja a base para um plano que permita reconhecer a educação como um dos pilares estruturantes da nossa sociedade, no qual os professores assumem um papel preponderante», esclarece Júlia Azevedo. «Com esta iniciativa, queremos mostrar ao Ministério da Educação que somos parte da solução, que queremos dialogar, debater ideias, de forma democrática e perfeitamente construtiva», remata a presidente do SIPE, recordando que, além da falta de professores, há outros problemas que carecem de resposta, e para os quais o sindicato «também está disponível para dar o seu contributo», como a «avaliação e progressão na carreira docente, a aposentação, os concursos, o problema das ultrapassagens na carreira entre docentes com o mesmo tempo de serviço e a reversão da componente letiva».

     

    Toda a receita será, proveniente deste evento, será posteriormente, entregue ao Departamento da Coesão da Câmara Municipal de Braga, para apoiar refugiados ucranianos.

     

     

    Lê as noticias na comunicação Social

     

    Jornal de Notícias

     

    "A presidente do SIPE, Júlia Azevedo, esclarece que "a falta de professores é um problema real, para o qual já tínhamos alertado a tutela há muito tempo, e cujas consequências se agravaram nos últimos meses, com alunos a ficarem, literalmente, sem professores a meio do ano letivo""

     

     

     

    JM Madeira

     

    "Jorge Carvalho, secretário regional de Educação, Ciência e Tecnologia, participou, na tarde deste sábado, no seminário promovido pelo SIPE, subordinado ao tema ‘Há falta de professores. E agora?’."

     

     

     

     

     

     

    Renascença

     

    "Encontro acontece numa altura em que a classe está muito envelhecida, como diz vice-presidente do Sindicato Independente de Professores e Educadores - SIPE."

     

     

     

     

    Vê o resume do vídeo no facebbook do SIPE

     

     

     

     

    Vê o Seminário na Integra no Canal Youtube do SIPE 

    Subscreve o canal, para te manteres atualizado. :)

     

     

     

     

    ler artigo

concursos

  • LISTAS DEFINITIVAS – MOBILIDADE INTERNA E CONTRATAÇÃO INICIAL

    O SIPE informa que estão disponíveis para consulta as listas de ordenação, colocação e não colocação, organizadas por grupos de recrutamento, para o ano escolar 2022/2023   • As listas de exclusão, organizadas por grupos de recrutamento; • A lista de candidatos retirados por se ter alterado a sua situação concursal, organizada por ordem alfabética; • A lista de candidatos que apresentaram desistência, organizada por grupo de recrutamento; • A lista de candidatos contratados que renovam a colocação para 2022/2023, ao abrigo do art.º 42.º do Decreto – Lei n.º 132/2012, de 27 de junho, na redação em vigor, organizada por ordem alfabética e grupo de recrutamento; • A lista de candidatos contratados que renovam a colocação para 2022/2023, ao abrigo do Decreto – Lei n.º 48/2022, de 12 de junho, organizada por ordem alfabética e grupo de recrutamento.   Consulta na página da DGAE as listas definitivas de mobilidade interna e as listas definitivas de contratação inicial   1- ACEITAÇÃO OBRIGATÓRIA Os candidatos agora colocados (QA/QE, QZP E EXTERNOS), estão obrigados a aceitar a colocação na aplicação informática do SIGRHE, no prazo de 48 HORAS contados a partir do dia útil seguinte ao da publicitação das listas definitivas de colocação – 16 e 17 de agosto de 2022. A não aceitação da colocação obtida na lista definitiva de colocação, determina a aplicação do disposto no artigo 18.º do Decreto-Lei n.º 132/2012, de 27 de junho: a) Anulação da colocação obtida; b) Instauração de processo disciplinar aos docentes de carreira; c) Impossibilidade de os docentes não integrados na carreira serem colocados em exercício de funções docentes nesse ano, através dos procedimentos concursais regulados pelo Decreto-Lei n.º 132/2012, de 27 de junho, na redação em vigor, após audição escrita ao candidato a seu pedido, no prazo de 48 horas, via aplicação informática.   2- APRESENTAÇÃO   Docentes colocados: - Os candidatos colocados nos Concursos de Mobilidade Interna e de Contratação Inicial devem apresentar-se no Agrupamento de Escolas ou Escola Não Agrupada onde foramcolocados, no prazo de 72 HORAS após a respetiva colocação, 16 a 18 de agosto de 2022. - Nos casos em que a apresentação por motivo de férias, maternidade, doença ou outro motivo previsto na lei não puder ser presencial, deve o candidato colocado, por si ou por interposta pessoa, comunicar o facto ao agrupamento de escolas ou escola não agrupada com apresentação, no prazo de cinco dias úteis, do respetivo documento comprovativo.   Docentes não colocados (QA/QE e QZP):   - QA/QE que concorreram na 1.ª prioridade do Concurso de Mobilidade Interna (docentes de carreira a quem não é possível atribuir pelo menos 6 horas de componente letiva) e que não obtiveram colocação devem apresentar-se no dia 1 de setembro no seu Agrupamento de Escolas/Escola Não Agrupada de provimento para aguardar nova colocação; - QZP candidatos ao concurso de Mobilidade Interna, 2.ª prioridade e não colocados, devem apresentar-se no dia 1 de setembro no Agrupamento de Escolas/Escola Não Agrupada onde exerceram funções docentes pela última vez, ficando a aguardar aí nova colocação; - QZP providos no Concurso Externo 2022/2023, que não obtiveram colocação no concurso de Mobilidade Interna, devem apresentar-se no dia 1 setembro no Agrupamento de Escolas /Escola Não Agrupada indicada como escola de validação no momento da candidatura aos referidos concursos, enquanto aguardam colocação.   3- RECURSO HIERÁRQUICO   Pode ser interposto RECURSO HIERÁRQUICO, a apresentar no prazo de CINCO DIAS ÚTEIS, contados a partir do dia seguinte ao da publicitação das listas – 16 a 22 de agosto de 2022.   ATENDIMENTO SIPE   O SIPE encontra-se disponível para prestar todo o apoio necessário aos seus associados, via telefone, via e-mail e presencialmente.    
    mais informação

Formações

  • O Ensino do Inglês Precoce

    Formação On-Line. Cronograma:  Início dia 4 de junho.
    mais informação
  • GR 260/620: AULAS DE CAMPO: O ENSINO DA ORIENTAÇÃO PEDESTRE E EM BTT NA ESCOLA*Releva p/ Dimensão Científica e Pedagógica1

    Aulas de Campo: o ensino da orientação pedestre e em BTT na escola, com navegação terrestre a partir do GPS e mapas dinâmicas ACEITAM-SE INSCRIÇÕES PARA NOVA TURMA A seleção e o cronograma serão comunicados a todos os interessados logo que esteja reunido o número de formandos necessário para a sua realização.  Prioridade de seleção: Ser sócio do SIPE e ordem de inscrição. A realizar : durante 1º periodo CIRCUITOS: 1- Percurso do Parque Verde do Bonito 2- Percurso das Marinhas do Sal e Moinhos, Rio Maior 3- Percurso da Costa da Prata  
    mais informação
  • Todos GR: O INTERCULTURAL NO PERFIL DO ALUNO-ESPAÇO PRIVILEGIADO PARA A CONSTRUÇÃO DA CIDADANIA

     ACEITAM-SE INSCRIÇÕES PARA NOVA TURMA A seleção e o cronograma serão comunicados a todos os interessados logo que esteja reunido o número de formandos necessário para a sua realização.    A ação só iniciará com o nº mínimo de formandos. Prioridade de seleção: Ser sócio do SIPE e ordem de inscrição.   Objetivos - Sensibilizar os docentes para a educação intercultural - Desenvolver competências pedagógicas para a interculturalidade - Estimular o intercâmbio de ideias e experiências entre os docentes - Promover o reconhecimento e a valorização da diversidade como oportunidade e como fonte de aprendizagem para todos - Desenvolver a capacidade de comunicar e incentivar a interação social, criadora de identidades e de sentido de pertença comum à humanidade.
    mais informação
  • Let's Speak English! - Nível 1 (2ª TURMA)

    * Cronograma a publicitar para Setembro
    mais informação

SIPE TV

SIPE REUNIU DIA 7 NA COMISSÃO DE EDUCAÇÃO, EM CAUSA: PETIÇÃO ULTRAPASSAGENS ENTRE DOCENTES

SIPE Aventura BTT Viana

Seminário, Falta de Professores? E agora?

Seminário Pensar a Educação / Carreira Docente

O Pedestrianismo e o BTT estratégia no ensino

O Pedestrianismo e o BTT como estratégia no ensino

SIPE na TVI - Dois às dez - Dramático é não se ter fechado as escolas mais cedo

SIPE Coração e ENTRAJUDA - Assinatura Protocolo

3º BTT - SIPE - Fátima 2019

Caminhos Santiago - SIPE Santarém

Momentos da Manifestação de 5 de outubro de 2018

A Manifestação de 5 outubro 2018 na Comunicação Social

SIPE - Viana do Castelo, Valença e Ponte de Lima

Concentração no Porto 13 de julho 2018

Entrevistas Manifestação 19 maio 2018

Seminário Comunidades de Aprendizagem - Abertura

Intervenção Júlia Azevedo Manifestação 19 maio 2018

Coração que AMA Antes

SIPE CORAÇÃO

SIPE CORAÇÃO

É uma campanha de solidariedade sem prazo de validade.

Aqui podes

Oferecer, partilhar, trocar bens ou objetos que estejam a mais em casa

e que possam ter utilidade em outras mãos.

SIPE EDIÇÕES

Através deste novo serviço do SIPE terás a possibilidade de realizar as tuas próprias edições e publicar os teus livros e outro tipo de estudos.

Para saberes mais envia um email para

sipenacional@sipe.pt